sábado, 20 de setembro de 2014

Vacinação contra o Papilomavírus Humano - HPV

No último dia 10 de setembro, quarta-feira, foi realizada na Escola Municipal São José, A 2ª etapa da vacinação contra a Papilomavírus Humano (HPV), para proteção contra o câncer do colo do útero, em crianças de 11 a 13 anos.

 Para essa prevenção são necessárias três doses da vacina. Em março de 2014 foram realizadas as primeiras doses e agora, a 2ª dose, sendo que a 3ª será aplicada apenas daqui a 05 anos, em março de 2019. 

A Secretaria Municipal de Saúde está realizando este trabalho em parceria com ao Ministério da Saúde e com a Secretaria Municipal de Educação e Cultura. A vacina apresenta benefícios, demonstrado eficiência em população de jovens e sem contato sexual prévio, sendo menos eficiente nas jovens que já iniciaram sua vida sexual.

 Nas escolas do município de Santa Vitória foram desenvolvidos dois procedimentos com o intuito de informar os pais previamente sobre a vacina: uma palestra, ministrada a todos os pais e um folheto, também informativo sobre a HPV, foi distribuído a toda a comunidade escolar. 

Aos pais que não quiseram que suas filhas fossem vacinadas, foi enviado um Termo de Recusa da HPV, para que assinassem, se responsabilizando por esta ação. 

“É uma maneira importante de se prevenir, disse a diretora Eliane Almeida, e nós faremos o possível para que aumentem as informações sobre a HPV”, ressaltou ela, “porque assim elas saberão porque estão sendo vacinadas e os pais estarão conscientes da necessidade desta vacina”, ponderou, “porque cada menina é de um jeito, mas todas precisam de proteção”, concluiu a diretora.

A parceria da Secretaria Municipal de Saúde e da Secretaria Municipal de Educação e Cultura é muito importante, pois complementa o processo que se inicia com a informação dada aos pais por meio de palestras, no sentido de aperfeiçoar a imunização, disse a Secretária de Educação e Cultura, Carla Lima, e mais, disse ainda que sexo e prevenção são assuntos que não podem ser evitados nas famílias, e sim devem ser pauta constante nos diálogos entre todos os membros da família, pois assim otimiza o processo de prevenção, finalizado pelo governo, por meio da vacina.

Comunicação PMSV